14 ago

Debate na Band impulsiona páginas oficiais dos candidatos no Facebook

Guilherme Boulos foi quem obteve o maior crescimento diário de fãs no pós-debate; página de Cabo Daciolo foi a mais impactada pela exposição na TV

Atualizado em 24 de setembro, 2018 às 9:37 am

O primeiro debate presidencial, transmitido pela Band no dia 09 de agosto, impulsionou o crescimento da base de fãs e de interações nas postagens da maioria dos presidenciáveis. As páginas de Guilherme Boulos e Cabo Daciolo foram as mais impactadas pelo debate.

Leia também: Debate da Band teve baixa presença de robôs e de dados falsos nas redes, mas uma notícia ‘não confirmada’ em destaque

Os resultados são ainda mais expressivos quando são considerados os últimos 31 dias, divididos entre pré-debate (13 de julho e 08 de agosto) e o pós-debate (09 a 12 de agosto). Para a análise, foram consideradas (1) a variação diária do número de fãs e (2) os volumes de interações por publicações antes e depois do debate.

Leia também: Primeiro debate presidencial mobiliza 1,6 milhão de menções

A página de Guilherme Boulos, que tinha apresentado um aumento de 19.872 fãs entre os dias 13 de julho e 08 de agosto, teve um crescimento de 19.613 fãs apenas nos quatro dias entre 09 e 12 de agosto. O candidato do PSOL foi ainda o que apresentou o maior ritmo de crescimento diário no pós-debate: 1,5% de aumento no número de fãs por dia (nos dias anteriores ao debate, o crescimento era 0,24% por dia).

Cabo Daciolo (Patriota), por sua vez, viu o seu ritmo de crescimento diário de fãs saltar de 0,03% antes do debate para 1,2% no pós-debate. Nos últimos 31 dias, o número de curtidas em sua página saiu de 198.902 para 211.077. Desse aumento, 10.051 curtidas ocorreram apenas no pós-debate e apenas 1.674 nos 27 dias anteriores.

A base de fãs de Marina Silva não foi diretamente impactada e manteve no pós-debate o crescimento diário de 0,01% que apresentava antes. Já Henrique Meirelles foi o único candidato a perder fôlego no crescimento de curtidas em sua página, que caiu de 0,3% para 0,2% no pós-debate.

Fonte: Facebook|Elaboração: FGV DAPP

Além do aumento da base de fãs, observa-se que a exposição na TV também impactou no total de interações nas postagens dos candidatos, considerando as reações (curtidas, “Love”, “Haha”, “Wow”, “Sad” e “Angry”), comentários e compartilhamos.

Neste sentido, as postagens de Bolsonaro atingiram um pico de 331.345 interações um dia após o debate. Em média, foram 213.207 interações diárias no pós-debate, em comparação com uma média de 159.163 interações no pré-debate.

Fonte: Facebook|Elaboração: FGV DAPP