28 jun

Perfis sem alinhamento político e à esquerda se aproximam na rede

Deslocamento deve-se ao debate entre a candidata do PCdoB e um dos coordenadores da campanha de Bolsonaro

Atualizado em 2 de julho, 2018 às 4:55 pm

A configuração do debate sobre os presidenciáveis no Twitter mudou na última semana com a repercussão da entrevista de Manuela D’Ávila ao programa “Roda Viva”, que provocou uma aproximação entre dois grupos até então distintos. O mapa de interações gerado a partir de 774.822 retuítes sobre os pré-candidatos entre os dias 20 e 26 de junho mostra que os perfis que tradicionalmente compartilham sátiras e memes sobre a política em geral, mas sem um alinhamento político claro, acercou-se do grupo tradicionalmente alinhado à esquerda no espectro político.

>> Confira a íntegra do DAPP Report – A semana na rede

Tal deslocamento se deu principalmente por conta dos momentos de debate acalorado entre a candidata do PC do B e um dos entrevistadores, Frederico D’Ávila, que é um dos coordenadores da campanha de Jair Bolsonaro. O debate fez com que grande parte dos perfis que costumeiramente ficam entre a esquerda e a direita, sem tender claramente a nenhum lado (grupo rosa), saísse em defesa de Manuela para fazer oposição às pautas conservadoras defendidas por Bolsonaro e seus apoiadores.