23 ago

Marina e Bolsonaro mobilizam debate sobre voto dos evangélicos

A questão religiosa representou 8,4% das referências a Bolsonaro e 27,9% das menções a Marina

Atualizado em 23 de agosto, 2018 às 6:27 pm

Nova edição do DAPP Report – A semana nas redes mostra que as menções aos candidatos à Presidência no Twitter oscilaram em função principalmente do debate na TV, que contribuiu para o principal pico de citações a todos os presidenciáveis (entre 17 e 18 de agosto), mas com especial repercussão nas referências a Marina e Bolsonaro. Com o enfrentamento entre os dois durante a transmissão, Marina, que tem apresentado dificuldade de engajar a audiência na rede, registrou volume de menções 126,6% maior do que nos sete dias anteriores — crescimento só inferior ao de João Vicente Goulart (155,6%), que, no entanto, ainda tem baixíssima expressão no Twitter, não figurando entre os dez candidatos mais citados na rede, no período analisado.

>> Confira a íntegra do DAPP Report – A semana nas redes

>> Leia também: Grupo majoritário no debate político no Twitter não tem preferência por candidato, mas se opõe a Bolsonaro

>> Leia também: Desigualdade salarial entre homens e mulheres ganha destaque nas redes

Bolsonaro, por sua vez, apesar do expressivo pico de menções no sábado (18), registrou queda de 8,7% em volume de menções na comparação com o último período analisado. Entre os tuítes de maior repercussão, destacam-se aqueles que criticam, por vezes em tom irônico, a suposta falta de conhecimento do candidato sobre economia e suas propostas para a área da segurança. Também foram recorrentes menções à polêmica com Marina. Neste caso, quando a ênfase das publicações é a postura mais “agressiva” da candidata da Rede, o saldo do confronto parece ser negativo para Bolsonaro. Mas quando a abordagem destaca o aspecto religioso, o candidato é elogiado.

Evolução de menções no Twitter – Top 10 – 16.ago a 22.ago

Fonte: Twitter | Elaboração: FGV DAPP

A questão religiosa representou 8,4% das referências a Bolsonaro e 27,9% das menções a Marina. Nos dois casos, pode-se dizer que há uma disputa narrativa em torno de quem melhor representaria os interesses de grupos evangélicos. Nas publicações associadas à candidata, por exemplo, convivem críticas à sua posição sobre o aborto, que a afastaria, segundo alguns usuários, dos valores cristãos, e elogios pela defesa de um Estado laico.

Temas associados aos atores políticos – Top 10 – 16.ago a 22.ago

Fonte: Twitter | Elaboração: FGV DAPP

Além do debate, a divulgação de novas pesquisas de intenção de voto entre terça (21) e quarta-feira (22) também resultou na elevação pontual de menções aos candidatos (exceto Boulos e Daciolo), congregando as notícias sobre os resultados e questionamentos, especialmente de eleitores de Bolsonaro, sobre o grau de confiabilidade dos dados apresentados.

Vale destacar, ainda, no caso das publicações sobre Lula, o papel significativo de um terceiro tema: a recomendação da ONU para que sua candidatura seja mantida até o trânsito em julgado dos processos que o envolvem. O assunto respondeu por 19% das menções a Lula, no período analisado. A análise dos macrotemas monitorados em associação com os candidatos mostra que Corrupção, Segurança Pública e Economia seguem prioritários nas redes. Marina Silva se destaca no tema Saúde, devido a declarações sobre aborto.

O debate no Facebook

Em valores absolutos , Lula obteve o melhor volume de engajamento em sua página oficial no Facebook, com 1,69 milhão de interações, seguido de perto por Amoêdo, que teve 1,66 milhão. Enquanto o candidato do PT registrou maior oscilação no volume de interações, com destaque para postagens sobre a recomendação da ONU e sobre o resultado de pesquisas, Amoêdo apresentou engajamento um pouco mais constante, no período analisado. Bolsonaro aparece em terceiro lugar, com 1,3 milhão de interações, e Guilherme Boulos em quarto, com 194,7 mil.

Engajamento nas páginas de atores políticos – Top 10 – 16.ago a 22.ago

Fonte: Facebook | Elaboração: FGV DAPP

Considerando a média de engajamento por postagem, no entanto, Bolsonaro obteve melhor resultado, com volume de publicações bem menor que o do segundo e do terceiro colocados — respectivamente, Amoêdo e Lula. Daciolo, Marina e Ciro apresentaram valores absolutos de engajamento bastante próximos, mas os dois primeiros conquistaram melhor média — no último caso, muito em razão das publicações da página oficial de Marina sobre a polêmica envolvendo Bolsonaro.

Engajamento x Posts de atores políticos – Top 10 – 16.ago a 22.ago

Fonte: Facebook | Elaboração: FGV DAPP